Treze empresas disputam pavimentação entre Imbaú e Reserva
06/01/2021 - 16:06

Serão pavimentados 28 quilômetros da PR-160, com terceiras faixas e acostamento, além da implementação de dois contornos, um em Imbaú e outro no distrito de José Lacerda, e a execução de uma ponte sobre o Rio São Pedro.

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) abriu nesta terça-feira (05) os envelopes com as propostas da licitação da pavimentação da PR-160 entre os municípios de Imbaú e Reserva, na região dos Campos Gerais.

Treze empresas e consórcios apresentaram propostas, com valores entre R$ 189 milhões e R$ 114 milhões. Agora, a comissão de julgamento responsável pela licitação vai analisá-las e divulgar o resultado em diário oficial e no portal Compras Paraná.

Após a publicação do resultado, há cinco dias úteis para interposição de recursos. Caso não haja recursos, ou estes sejam negados, o DER/PR inicia imediatamente os trâmites para a assinatura do contrato.

A obra conta com financiamento do Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID), que também avaliará o resultado antes da publicação.

PAVIMENTAÇÃO - Serão 28,36 quilômetros de pavimentação, com terceiras faixas e acostamento, além da implementação de dois contornos, um em Imbaú e outro no distrito de José Lacerda, e a execução de uma ponte sobre o Rio São Pedro. O prazo estimado para conclusão da obra é de 24 meses, contados a partir da data de emissão da Ordem de Serviço.

A pavimentação integra o Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, que conta com financiamento do BID. O projeto executivo de engenharia da obra foi elaborado pela empresa Klabin S.A. e doado ao Governo do Paraná.

TRANSPARÊNCIA – Em conformidade com as políticas do BID, a Secretaria de Infraestrutura e Logística e o DER/PR realizaram, no início de março de 2020, consultas públicas em Imbaú e Reserva para apresentar o projeto.

Os encontros serviram para que a população desses municípios e lideranças comunitárias pudessem conhecer os detalhes da obra, tirar dúvidas sobre as áreas que serão afetadas, além de propor alternativas para serem analisadas e eventualmente incluídas no projeto de engenharia.

Os materiais apresentados na consulta seguem disponíveis no site do DER/PR.

 

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias