PR-412 - Guaratuba - Garuva

A Rodovia PR-412, Guaratuba - Garuva foi construída no início dos anos 70, tendo sido inaugurada em agosto de 1973, implantada sobre o eixo corrigido da antiga estrada de ligação existente originalmente revestida desde a sua implantação, provavelmente nos anos 50, com seixos rolados de uma jazida a céu aberto, sem gerar qualquer problema ambiental por se tratar de rio extinto.

A antiga estrada percorria trechos pantanosos em vários locais, cuja transposição foi feita através de aterros sobre estivas (troncos longos de árvores altas, principalmente eucaliptos, deitados lado a lado transversalmente ao eixo da estrada).

Dois rios cortam a rodovia: o Rio da Prainha e Saí-Guaçu.
Na parte da rodovia que fica próxima ao mar, houve necessidade de serem construídas galerias de grande porte, face à progressiva urbanização da cidade de Guaratuba.

A Rodovia atual foi executada com técnicas de implantação até então inéditas no Estado, em especial o processo de compactação de solos por meio de explosivos aplicados em locais de camadas espessas de material orgânico (turfa) sem nenhuma consistência, onde o explosivo servia para afastar o material turfoso, fazendo espaço para o aterro na preparação da rodovia.

Por se tratar de obra de interesse turístico, com passagem à época, predominantemente de veículos leves, procurou-se manter o máximo da floresta natural existente, sem deixar de lembrar que o termo "meio ambiente" era tão somente mais um verbete de dicionário.
Recomendar esta página via e-mail: