InfraBIM

O que é o BIM para Infraestrutura ou InfraBIM?

O Building Information Modeling (BIM), ou Modelagem da Informação da Construção, vem sendo definido, acadêmica e tecnicamente, de diversas formas, sendo comumente compreendido como um processo, uma plataforma tecnológica ou o conjunto de informações de um empreendimento.

Com a metodologia BIM, o modelo de cada obra ou edificação é construído virtualmente, seguindo fielmente o que será aplicado no empreendimento real. As antigas plantas e planilhas dão lugar a um sistema que inclui informações em tempo real, como o planejamento da obra, detalhamento dos materiais, custos quantificados e documentação, o que torna o processo mais transparente e facilita a fiscalização.

Apesar de integrarem a disciplina da indústria da construção civil, pensar BIM para as diversas áreas da infraestrutura implica em olhares diferenciados sobre os processos construtivos. O ciclo de vida de uma obra rodoviária envolve diversas etapas. Planejar uma rodovia engloba o conhecimento da topografia do terreno, diversas possibilidades de traçado, impactos ambientais, legislação vigente, políticas públicas, além de diversos fatores espaciais. Projetar e construir uma rodovia implica, diretamente, em mudanças regionais, em novos desenvolvimentos e em avanços socioeconômicos. E manter a rodovia conservada para que possa cumprir o seu papel envolve planejamento. Essas etapas envolvem a modelagem da informação da construção e espacial em um sistema de gestão de informação e de processos.

Desta forma, o InfraBIM é uma metodologia que envolve tecnologia, processos e pessoas. Tecnologia pelas ferramentas que evoluem a cada momento, dentre equipamentos e softwares. Processos que são otimizados pela disponibilidade da tecnologia. E pessoas que se capacitam e evoluem com pesquisa e desenvolvimento para esses novos processos e tecnologias.

Destacam-se, com o uso dessa metodologia, algumas vantagens:
    1. inúmeras possibilidades de traçado, considerando informações do solo e com orçamento preliminar;
    2. projetos compatibilizados com mais qualidade e de fácil visualização;
    3. maior integração entre as fases de projeto;
    4. quantitativos e orçamentos mais precisos;
    5. possibilidade de cumprimento das etapas nos prazos estabelecidos.

Plano de Implantação DER/PR:

No ano de 2019 o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná deu início ao plano de implantação do Building Information Modeling (BIM). A adoção da ferramenta está pautada na Estratégia BIM BR, concebida com o intuito de incentivar e promover a modernização e a transformação digital com o desenvolvimento BIM no setor de construção. Em 2017 foi criado o Comitê Estratégico de Implementação do BIM – CE BIM. Sabendo que o processo de implantação demanda um período de transição, o CE-BIM organizou um Roadmap traçando alguns momentos de referência para implantação em fases.

Roadmap BIM

Em 2019 o decreto estadual 3080 instituiu a estratégia “BIM/PR: Paraná rumo à inovação digital nas obras públicas”. Em fevereiro de 2020 o Governo do Paraná empossou o CG-BIM e o GTEC-BIM, formados pela Secretaria de Infraestrutura e Logística (SEIL), a Casa Civil, representada pela Superintendência Geral de Inovação – SGI, além de diversas secretarias e autarquias do Estado. O Plano de Implantação BIM é um dos planos que compõem um Sistema de Gestão de Projetos e Obras, que é composto pelos seguintes sistemas:
  • Sistema de Informações Geográficas
  • Sistema de Acompanhamento de Projetos
  • Sistema de Custos e Orçamento
  • Sistema de Acompanhamento de Obras
  • Sistema de Monitoramento e Manutenção

Como planejamento da implantação do BIM no DER, existem algumas atividades que precisam ser programadas para que possam ser realizadas. É necessário desenvolver as atividades de estudos, projetos piloto, operações assistidas e provas de conceito para, ao final, com os subsídios técnicos necessários, definir um manual de boas práticas BIM para infraestrutura rodoviária, seguindo a sequência abaixo:
  • Estudar/adquirir conhecimento sobre o BIM voltado para infraestrutura rodoviária;
  • Definir ferramentas BIM (sistemas e equipamentos);
  • Definir as métricas para os setores envolvidos;
  • Planejar a execução das atividades para implantação versus atividades em andamento;
  • Planejar atividades e fluxograma do LaBIM - DER/PR;
  • Definir organograma / matriz de responsabilidades da equipe BIM;
  • Criar templates e bibliotecas para o projeto;
  • Intensificar o treinamento para atender às necessidades do projeto piloto;
  • Reunir os envolvidos para acompanhar o projeto e suas métricas;
  • Avaliar erros e acertos para elaborar um manual de boas práticas BIM para infraestrutura rodoviária.

AQUI é possível encontrar informações sobre o que o DER/PR vem discutindo sobre metodologia BIM voltada à infraestrutura rodoviária.
Estratégias BIM
Recomendar esta página via e-mail: