Obras do novo viaduto de São José dos Pinhais estão na etapa de drenagem
23/11/2022 - 14:46

O Viaduto do Bradesco, como é conhecido, está sendo custeado pelo Governo do Paraná, com investimento de R$ 33.639.768,42. A obra teve seu projeto elaborado pela Prefeitura de São José dos Pinhais, sendo doado ao DER/PR para execução. O prazo para entrega é outubro de 2023.

 

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) iniciou um bloqueio e desvio de trânsito de veículos nesta semana, na interseção da BR-376 com a Rua Joinville e Alameda Bom Pastor, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A previsão é que a medida permaneça até o dia 10 de dezembro para instalação de dispositivos de drenagem da obra do novo viaduto na rodovia.

O bloqueio afeta a Rua Joinville e Alameda Bom Pastor, que terão desvio para acessar a BR-376. As opções de acessos são feitas pela Rua Rafael Puchetti, Rua Professor João Clímaco de Carvalho, Alameda Arpo, Rua Dante Cesar Alves da Rocha e Rua Planalto. Também há alteração da rota de 10 linhas de ônibus da Prefeitura de São José dos Pinhais. Já a pista principal da BR-376, seja sentido Curitiba ou Santa Catarina, segue sem alteração.

Todos os pontos de desvio e rotas alternativas estão sinalizados no local, sendo necessária a atenção e colaboração dos usuários, respeitando a sinalização e orientações dos funcionários da obra, visando garantir a segurança de todos e o bom andamento dos trabalhos.

O Viaduto do Bradesco, como é conhecido, está sendo custeado pelo Governo do Paraná, com investimento de R$ 33.639.768,42. A obra teve seu projeto elaborado pela Prefeitura de São José dos Pinhais, sendo doado ao DER/PR para execução. O prazo para entrega é outubro de 2023.

A região concentra casos recorrentes de congestionamento, principalmente na alta temporada. O viaduto irá realizar a elevação das pistas de rolamento da BR-376 para o tráfego de longa distância, com o trânsito de veículos das vias municipais sendo pela passagem inferior do viaduto por meio de duas rotatórias. A obra vai garantir rapidez de acesso aos bairros para moradores locais e agilizar o deslocamento dos viajantes rumo Curitiba ou Santa Catarina.

Nesta etapa dos serviços, está sendo feita a drenagem para escoamento das águas da chuva. Estão inclusas a execução de bueiros tubulares de concreto com diâmetros variando entre 40 cm e 180 cm, além de caixas e poços de visita. Já foram colocados mais de 1.600 metros de tubos de concreto para drenagem de água pluvial. Além disso, foram construídos 2 muros de contenção e iniciados os serviços de terraplenagem e pavimentação.

 

GALERIA DE IMAGENS